Com 15 anos foi estudar com seu lama raiz, o mais elevado iogue do Butão, Lama Sonam Zangpo (seu tio por parte de mãe) em Dewa Thang e em Long Tsog, perto de Thimpu. Lama Sonam Zangpo lhe transmitiu os tantras da tradição Nyingma completos e o treinou nas Seis Iogas de Naropa.

Lama Rigdzin recebeu também treinamento religioso, iniciações e transmissões extensivas dos principais mestres das tradições Drugpa Kagyu e Nyingma, como S.S. Dilgo Khyentse Rinpoche, S.S. Dudjom Rinpoche e o 16o Karmapa. Em 1982, Lama Sonam Zangpo o ordenou como lama responsável por Urgyen Ling, antigo templo de Padma Lingpa, in Tang Rung, Kurtoe.

Depois que Lama Sonam Zangpo morreu em 1984, Lama Rigdzin entrou em dois retiros de três anos, e de 1991 a 1996 acompanhou Dzongsar Khyentse Rinpoche (neto de Lama Sonam Zangpo) até Bir, na Índia, para ajudá-lo a construir seu monastério e ensinar os alunos. Em 1995 foi nomeado por Dzongsar Khyentse Rinpoche como o lama responsável pelo monastério de Lama Sonam Zangpo, Zer Shong, em Kurtoe. Ele regressou para o Butão, onde continuou seus serviços e treinamentos religiosos, recebendo especialmente mais ensinamentos Nyingthig de Dzogchen e Tsalung de Lama Serpo Rigdzin Palden, na linhagem de Amzon Drugpa.

Em 2005, Dzongsar Khyentse Rinpoche pediu a Lama Rigdzin Samdrub para servir no Khadro Ling como lama responsável pelas atividades da consagração da , uma tarefa que ele realizou de forma inspiradora.